A casa mais inteligente do país

Podia ser a casa mais inteligente do mundo, mas para já é, pelo menos a do país. Deixa a ficção no passado e junta conforto, segurança e diversão. O projecto foi desenvolvido por mais de 60 empresas, quase todas portuguesas e os americanos já querem aprender connosco. Não é por acaso que se chama «Kasa do Futuro». Fica na Ericeira, a alguns quilómetros de Lisboa e transpira tecnologia, e a Agência Financeira foi conhecê-la. Aquilo que antes era ficção, agora é realidade.

«Acima de tudo queríamos que não fosse uma nave espacial, que as pessoas se revissem nela e que tivesse conforto para uma família viver. Esta casa tem um conjunto de soluções inteligentes, ao serviço dos habitantes e de fácil percepção. Não é preciso ter nenhum curso superior nem perceber de computadores», explicou Carlos Azenha, promotor do imóvel e ex-treinador adjunto de Jesualdo Ferreira, do Futebol Clube do Porto (FCP).

Certo é que não é uma experiência para todos os bolsos, pois o seu custo está estimado em 4 milhões de euros.

Imagine-se a sair do trabalho e apenas com o seu telemóvel programar o que lhe espera em casa, como um banho de jacuzzi ou simplesmente um café. Ao chegar ao local, a vista quase que ofusca a dimensão da casa. A entrada pelo portão da casa é fácil, basta que o carro esteja registado e um reconhecimento facial. À sua frente, tem uma área de seis mil metros quadrados. Depois de estacionar, pode abrir a porta apenas pela sua mão que é identificável.

Máquina passa camisas a ferro

Conforto e segurança são sem dúvida as palavras de ordem nesta casa. A partir de qualquer divisão pode controlar as outras, ligar a televisão ou entrar na Internet.

Vejo o vídeo aqui

Na cozinha, pode encontrar um mordomo virtual que lhe diz quais os seus programas preferidos que vão passar nesse dia na televisão, mas também lhe dá as receitas, um género de GPS da culinária.

Naquela tarefa que tanto detesta como passar a ferro, tem uma máquina que o faz por si, com apenas o toque de um botão.

Já no quarto, dá-se primazia à comodidade. Para os miúdos, tem os jogos e também a higiene aliada à diversão. Na casa-de-banho é contada uma história em dois minutos-o tempo que as crianças devem demorar a lavar os dentes.

Projecto português causa impressão internacionalmente

Mas não só de tecnologia que se faz esta casa. Está pensada ainda para o bem-estar familiar¿ a qualidade de vida é prezada. Os espaços de lazer também.

Este projecto foi um trabalho de mais de 60 empresas, das quais cerca de 2/3 são portuguesas. O resultado já é cobiçado lá fora. De acordo com Carlos Azenha, «até o NY Times» já foi fazer uma reportagem sobre a casa e, além dos EUA, vários países como Rússia, Angola, Espanha e Brasil estão interessados no conceito para exportar.

«A mais-valia portuguesa é que muitas destas coisas são novidades lá para fora, como o sistema de automação que os americanos vêm cá buscar, ou a domótica que é mais evoluída», acrescenta o promotor.

Para já, o dono desta casa é o ex-treinador adjunto do FCP, que interrompeu a carreira para terminar este projecto, mas o regresso ao futebol já está programado.

Fonte: Agência Financeira

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s